Mergulhe no mundo das regras de jiu jitsu

O Jiu-Jitsu, uma arte marcial de origem japonesa, tem conquistado o mundo com sua abordagem única de enfrentar adversários, sejam ele grandes ou pequenos, mais fortes ou mais fracos. A palavra-chave que guia os praticantes nesse intricado mundo é “respeito”.

Respeito é essencial para o desenvolvimento e progresso no tatame. Neste artigo, vamos explorar as principais regras do Jiu-Jitsu (não somente a parte técnica) que não apenas moldam o jogo, mas também cultivam uma mentalidade de respeito, disciplina e habilidade.

1. Início do Combate: Cumprimento e Respeito

Antes mesmo do primeiro toque no tatame, a etiqueta começa a desempenhar um papel crucial. O cumprimento entre os adversários e o árbitro (ou professor, antes do treino começar) não é apenas uma formalidade, mas sim um gesto simbólico de respeito mútuo. Essa é a base, a palavra-chave “respeito” estabelece o tom para todo o combate.

2. Pontuação e Posicionamento

Ao adentrar o embate, a compreensão das regras de pontuação é imperativa. Submissões, passagens de guarda, montadas e pegadas estratégicas são recompensadas. A palavra-chave “estratégia” se destaca aqui, pois os praticantes não apenas buscam a vitória, mas o fazem de maneira calculada e tática.

Você pode ler o livro de regras da IBJJF, disponível no site oficial deles, caso queira se informar melhor.

3. Limitações e segurança

Um aspecto vital das regras de Jiu-Jitsu é a ênfase na segurança. A palavra-chave “segurança” permeia todas as ações no tatame. Movimentos que possam causar lesões desnecessárias são estritamente proibidos, como chaves de pé no estilo “heel hook”, no jiu jitsu de kimono, por exemplo, mão de vaca em faixa branca e outras chaves de pé faixas branca, azul e roxa. Isso não apenas protege os atletas, mas também os praticantes e também promove uma cultura de respeito mútuo e cuidado com o companheiro de treino.

Além disso, é importante dar os “três tapinhas” quando sentir que a finalização chegou no limite para você, que pode ser machucar um braço ou até mesmo um estrangulamento mais forte.

4. A Importância da Técnica

No Jiu-Jitsu, a força bruta não é a única ferramenta para o sucesso. A palavra-chave “técnica” assume um papel central. As regras incentivam a aplicação adequada das técnicas aprendidas, mostrando que a maestria das manobras é mais eficaz do que a pura força física. Isso não apenas equilibra o campo de jogo, mas também promove o crescimento técnico dos praticantes.

5. Tempo e Paciência

Outra palavra-chave que ressoa no Jiu-Jitsu é “paciência”. Muita paciência! As regras do esporte são projetadas para criar um ambiente onde a paciência é recompensada. Finalizações bem feitas, frequentemente exigem tempo e paciência para serem aplicadas corretamente. Este elemento do esporte não apenas constrói habilidades atléticas, mas também promove o desenvolvimento pessoal.

6. Ética Desportiva

A ética desportiva é uma parte intrínseca do Jiu-Jitsu. A palavra-chave aqui é “ética”. A conduta respeitosa durante o combate, a aceitação da vitória e da derrota com dignidade, e o respeito pelas decisões dos árbitros e professores são elementos essenciais. Essas regras não apenas regulam o comportamento no tatame, mas também influenciam a maneira como os praticantes abordam a vida fora do dojo. Vemos muitos atletas indignados, por exemplo, com possíveis erros de arbitragem… mas o jiu-jitsu no ensina que existe um outro dia, e que precisamos de paciência e resiliência para aceitar e lidar com as frustrações da vida.

7. Respeito: A Pedra Fundamental

Em um esporte onde o contato físico é inevitável, a palavra-chave “respeito” permeia cada interação no Jiu-Jitsu. Uma luta de jiujitsu começa com o cumprimento antes do combate, estendendo-se até o respeito pelas decisões do árbitro e, mais crucialmente, o respeito pelo companheiro de treino. Esse respeito não é apenas uma formalidade; é uma mentalidade que define a comunidade do Jiu-Jitsu.

8. Estratégia: Além do Movimento Físico

As regras do Jiu-Jitsu recompensam a astúcia e a previsão tanto quanto a força bruta. A palavra-chave “estratégia” ganha vida no tatame, onde a tomada de decisões rápidas e a antecipação dos movimentos do oponente são tão vitais quanto a execução técnica. Isso cria uma dinâmica única onde a mente e o corpo trabalham em uníssono.

Veja também:

Proteja-se como praticante e atleta

A palavra-chave “segurança” não é apenas uma formalidade nas regras do Jiu-Jitsu; é uma promessa. Movimentos que possam resultar em lesões desnecessárias são estritamente proibidos. Esse compromisso com a segurança não apenas preserva a integridade física dos praticantes, mas também constrói um ambiente onde a confiança mútua floresce. Mesmo que você saiba tudo sobre jiujitsu, é imprescindível continuar prezando pela sua segurança e a do seu parceiro de treino.

Técnica: O Coração nas regras do jiu jitsu

Ao mergulhar nas regras, fica evidente que a palavra-chave “técnica” é central no Jiu-Jitsu. A força física é valiosa, mas a aplicação correta das técnicas aprendidas é fundamental. Isso não apenas nivela o campo de jogo entre adversários de diferentes forças, mas também incentiva o crescimento técnico contínuo. Há quem diga que “só faz força quem tem”, porém, existem diversas lutas que você pode achar inslusive no Youtube, que mostra atletas mais “fracos” ganhando por conta de sua técnica avançada.

Paciência: Um Elemento Estratégico

A palavra-chave “paciência” assume uma importância especial no Jiu-Jitsu. Muitas vezes, as melhores oportunidades para aplicar uma submissão ou inverter uma posição surgem quando se aguarda o momento certo. Isso não apenas desenvolve a habilidade de ler o jogo, mas também inculca uma mentalidade paciente que se estende para além do tatame.

Ética: Valores Além da Competição

A ética é um pilar essencial no Jiu-Jitsu. A palavra-chave “ética” guia a conduta no tatame e além dele. Aceitar vitórias e derrotas com dignidade, respeitar as regras estabelecidas e valorizar a integridade são partes fundamentais da experiência do Jiu-Jitsu. Essa ética desportiva constrói não apenas campeões no tatame, mas também indivíduos éticos na vida cotidiana.

jiu-jitsu feminino

O Jiu-Jitsu é muito mais do que um conjunto de regras; é uma filosofia de vida. As palavras-chave “respeito”, “estratégia”, “segurança”, “técnica”, “paciência” e “ética” são fundamentais para o sucesso neste esporte. Ao internalizar esses valores, os praticantes não apenas se tornam atletas habilidosos, mas também indivíduos respeitosos, disciplinados e éticos. O Jiu-Jitsu vai além do tatame, moldando caráteres e construindo uma comunidade baseada em valores sólidos. Portanto, ao entrar no mundo do Jiu-Jitsu, lembre-se sempre dessas palavras-chave, pois são elas que guiarão seu caminho para o sucesso no tatame e na vida.

regras bsicas do jiu jitsu

Posts relacionados

competidora-de-jiu-jitsu (1)

A solidão da competidora de jiu-jitsu

O número de atletas mulheres em competições de jiu-jitsu mundo afora tem crescido consideravelmente. Porém, a verdade é que a grande maioria dessas atletas não