Jiu-jitsu pode ser minha válvula de escape mesmo na quarentena?


Nem todo mundo que pratica jiu-jitsu é atleta. Na verdade, os que vivem mesmo do esporte ainda são uma parcela pequena se formos comparar a quantidade de praticantes. Muita gente tem o jiu-jitsu como um aliado para a saúde física e mental. Começar o dia treinando te dá aquela energia a mais para encarar a rotina. Ou depois de um dia corrido, a gente fica ansioso para chegar logo na academia e treinar.

O jiu-jitsu se torna parte do nosso estilo de vida, pois vai além de ser apenas um hobby. Levamos ensinamentos, valores e benefícios para a nossa vida além do tatame. Diante disso, no momento que estamos vivendo, se torna mais difícil ainda ficar sem o jiu-jitsu em meio a um período de quarentena. 

A Anny Tavares, que é responsável pelo Ladies BJJ, falou sobre isso com a gente e deu a ideia de abordar esse assunto. Trocamos uma ideia com ela sobre como o jiu-jitsu se torna uma válvula de escape nas nossas vidas. Mas também que, apesar disso tudo, precisamos ter responsabilidade diante do momento tão crítico que o mundo está passando.

Quem não gosta de estar com os amigos naquela resenha pós-treino? Ou de fazer aquele treino soltinho no sábado depois de uma semana puxada? Quem não está sentindo falta de lutar um campeonato, ou simplesmente de estar na arquibancada torcendo por alguém da sua equipe? Sim, todos estamos sentindo muita falta de tudo isso. Principalmente porque esses momentos nos ajudam a superar uma dificuldade da vida pessoal, a aliviar o estresse da rotina ou a dar aquele ânimo que sempre precisamos.

Mas será que a melhor opção é furar a quarentena, fazer treino clandestino e aumentar mais ainda o risco? Sabemos que o jiu-jitsu é como uma fuga da realidade para muita gente, ainda mais quando essa realidade está tão complicada. Por isso é tão difícil ficar sem treinar. Mas, antes de tomar alguma medida, devemos pensar em todos que estão em nossa volta.

Responsabilidade e consciência coletiva precisam estar na nossa mente nesse momento (e em todos outros, né?). Pensa no peso que tem um atleta que influencia um monte de gente postando que está treinando; em um discurso de que “não tem desculpa” para não treinar em casa, enquanto na realidade nem todo mundo consegue. Uma coisa vai puxando a outra, uma pessoa começa a flexibilizar o isolamento fora da hora e de repente a situação vira uma bola de neve. Ninguém quer isso, não é mesmo?

O que temos que entender é: estamos vivendo uma pandemia. O mundo inteiro parou. Pessoas trabalhando de casa, escolas e universidades fechadas, eventos importantes adiados ou cancelados. Vamos, então, olhar para dentro e pensar: será que esse é o momento de querer sair do isolamento para dar um treino de jiu-jitsu? Profissionais da saúde e de serviços essenciais não estão arriscando suas vidas todos os dias para que você saia para treinar jiu-jitsu agora.

Está difícil sim! Para todo mundo. Mas, infelizmente, esse é um momento em que teremos que fazer muitos sacrifícios e nos reinventar. O jiu-jitsu é nosso aliado no cuidado com a saúde mental e válvula de escape para muitos, mas não é porque não estamos fisicamente no tatame que não podemos ter contato com o jiu-jitsu.

Você pode continuar falando com seus amigos de treino, aproveitar para estudar sobre a história do jiu-jitsu, as regras, assistir lutas de campeonatos passados, isso tudo pode te ajudar a passar por esse momento. Pode ser a sua válvula de escape adaptada durante a quarentena, algo que te dê uma sensação melhor em meio a toda dificuldade que estamos passando.

Teve um dia estressante de home office, a rotina com a família está difícil? Separe um tempo para você no fim do dia e veja algum conteúdo que você goste sobre jiu-jitsu, leia alguma coisa que vai te deixar mais leve. Ache o que funciona para você. Para quem tem conseguido treinar, fizemos um post com um espaço para a galera indicar perfis que estão passando treinos para fazer em casa

Quando chegar a hora de reabrir as academias, os professores vão seguir todos os protocolos necessários para manter a segurança dos alunos. Mas, enquanto isso, se o jiu-jitsu é tão importante na sua vida, não deixe que ele saia da sua rotina, mesmo estando em quarentena.

Não se pressione a ter que treinar em casa ou fazer o mesmo que alguém posta na rede social, pois isso pode ter efeito negativo para a sua saúde mental. Continue em contato com seus amigos e ache uma forma leve e saudável de manter os ensinamentos, valores e aprendizados do jiu-jitsu na sua vida.

Qual sua reação

Curtir Curtir
2
Curtir
Amei Amei
3
Amei
Haha Haha
1
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
1
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jiu-jitsu pode ser minha válvula de escape mesmo na quarentena?

log in

reset password

Voltar para
log in