Meu kimono, minha armadura


Foto: Luciana Alves

Muito tenho me questionado sobre a energia que está ligada a todo o conjunto de nossa armadura, seja a faixa e o kimono. Você pode ficar pensando que papo é esse dessa tal de energia, mas tenho esse lance até com a cor do meu kimono.

A superstição com a nossa faixa

Todos nós sabemos que existe a polêmica de lavar ou não a nossa faixa, a maioria de nós, praticantes da arte suave, acredita carregar nela todos os conhecimentos adquiridos, suor e dedicação para alcançar os objetivos. E isso não é lenda não, é desde o tempo dos “samurais”, pois já se acreditava que ela carregava todo o seu aprendizado adquirido ao longo do tempo.

Na dúvida, o importante é que o atleta possua outra faixa limpa e que esteja em boas condições para competições. E em época de COVID devemos ficar atentos a todas as maneiras de proliferações de bactérias e vírus, tomando todos os cuidados possíveis.

A superstição com nosso kimono

O kimono é a peça fundamental do nosso jogo, é a nossa armadura, é ele que reflete como somos, como estamos. Não importa, você será visto como se apresenta com o seu kimono.

Seu kimono deve estar sempre limpo, bem apresentado. Ele pode ser bem usadinho, mas a higiene deve estar em dia. Lembre-se, ele identifica você.

Muitas pessoas gostam de alguma cor e se identificam com ela, acredito que isso seja energia, você se sentirá mais leve e assim será o contrário também.

Emprestar ou não o meu kimono?

A grande polêmica, emprestar ou não o seu kimono? Parece besteira, mas quando você está conectado com esse sistema de energia, você irá ficar no mínimo indeciso com isso, irá pensar que cabe a cada colega estar em ordem com a sua armadura, assim como você está com a sua, é um compromisso de cada um de nós estar em dia com tudo, é um ritual a seguir para o treino do outro dia.

Mas também há aqueles que não se importam em emprestar a sua armadura, em ajudar ao próximo e isso está tudo bem! Tudo é uma questão de superstição e energia de cada um.

Se você estiver em dúvida e quiser conferir algumas dicas de como escolher o seu kimono, você pode dar uma conferida neste textinho “A escolha do meu kimono”  e ficar em sintonia com a sua energia.


Leia também:

A evolução do kimono: da “coisa de vestir” ao jiu-jitsu

Como cuidar do meu kimono?

Qual sua reação

Curtir Curtir
1
Curtir
Amei Amei
6
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meu kimono, minha armadura

log in

reset password

Voltar para
log in