Fernanda Mazzelli fala sobre alívio por vacina e o desejo de competir no Pan e Mundial da IBJJF


Faixa-preta avalia possibilidade de competir em alguns dos principais torneios do ano

Atleta consagrada no cenário internacional de Jiu-Jitsu, Fernanda Mazzelli não vê a hora de voltar a competir nas principais competições da modalidade no mundo. Sem competir em boa parte de 2020 devido a pandemia do novo coronavírus que assolou o mundo, Fernanda está otimista, visto que recentemente se vacinou no Espírito Santo com a primeira dose do imunizante contra a doença:

— Estou muito feliz por ter vacinado, já peguei o Covid-19 por duas vezes, em menos de 3 meses, e em um intervalo muito curto de tempo, a primeira vez foi pior, a segunda um pouco mais leve, mas com sintomas diferentes. Tive a oportunidade de ser vacinada, não pela minha idade, mas por fazer parte da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, e fiquei muito feliz por essa oportunidade — declarou Fernanda.

A lutadora retornou aos tatames em meados de março, quando competiu em uma das etapas do Estadual da FCJJE no Espírito Santo, na ocasião a atleta acabou ficando com o título no absoluto, fechando com a companheira de treinos Juliana Araújo. Mazzelli ainda se consagrou campeã do Sul-Americano realizado no Rio de Janeiro nos últimos meses com dois ouros. De olho no próximo desafio, a lutadora falou sobre o desejo de voltar a lutar nos EUA, onde as principais competições acontecem:

— Espero que tudo volte ao normal, mas ainda há muito receio das pessoas, e de alguns países que estão com as regras bem rígidas. Vejo por exemplo os EUA onde é preciso fazer 15 dias de quarentena no México, isso dificulta um pouco porque precisamos ficar ao menos 20 dias fora, e agora trabalhando na Secretaria de Assistência do Governo do Estado dificulta muito. Acho difícil tudo voltar ao normal esse ano, com público no ginásio acredito que ainda vai demorar, mas torço para que em 2021 tudo esteja na normalidade — enfatizou a faixa-preta.

Campeã mundial de Jiu-Jitsu como faixa-preta em 3 oportunidades, a capixaba foi a primeira mulher a vencer o torneio em 3 diferentes categorias, conquista que a coloca no hall das grandes atletas da história da IBJJF. Campeã brasileira por 12 vezes em diferentes faixas, a lutadora avalia a possibilidade de tentar buscar o quarto título mundial da IBJJ na categoria adulto e o primeiro como master:

— Tenho interesse em lutar o Pan e o Mundial, tanto adulto, quando Master, que está próximo. Estamos vendo se há a possibilidade, até por essa questão da quarentena que falei, que acaba dificultando um pouco, e acaba aumentando bem os custos, além do tempo fora que acaba sendo bem maior, porém a vontade de ir e lutar permanece — finalizou Mazzelli.

Um dos grandes nomes da modalidade no seu estado e no Brasil, a lutadora se prepara para retomar o ritmo intenso de competições em 2021. Até o ano passado, a lutadora ainda conciliava a carreira como atleta a de vereadora em sua cidade, Guarapari-ES, depois de cumprir 2 mandatos consecutivos, a lutadora agora foca na carreira como atleta e na função dentro da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social do Espírito Santo.


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

0

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fernanda Mazzelli fala sobre alívio por vacina e o desejo de competir no Pan e Mundial da IBJJF

log in

reset password

Voltar para
log in