Atleta da Semana: Jéssika Bartoli


Foto: Dentro do Foco

No Atleta da Semana de hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a história da Jéssika Bartoli, que é faixa roxa da CheckMat. Ela conheceu o jiu-jitsu através dos amigos, um dia resolveu fazer um treino na ChekMat em Leopoldina MG e não parou mais.

Começou a se apaixonar pelo esporte depois da sua primeira competição em 2016. Mesmo tendo perdido o campeonato saiu do ginásio realizada, pois conseguiu encarar o medo e o jiu-jitsu teve um grande sentido para ela: mudança de vida.

Em maio de 2017 se mudou para a cidade de Curitiba e começou a treinar na ChekMat Equipe Um. Foi a primeira a morar no alojamento da equipe e realizou o seu sonho de viver somente do esporte. Teve ajuda dos seus professores que ela tem como seus maiores ídolos: Sebastian Lalli e Letícia Lalli.

Os dias da casca grossa são bem intensos: treina jiu-jitsu duas vezes ao dia de segunda a sábado e uma hora e meia treino de drill. A faixa roxa também treina NO GI e faz preparação física três vezes na semana. A Jéssika é guardeira, mas admira os dois estilos de jogo. Sua finalização preferida é a kimura. Com uma rotina de treino intensa a faixa roxa mantém uma alimentação balanceada, conta com ajuda de um nutricionista, mas não tem uma dieta restrita.

Dificuldades no esporte

Vivendo somente do esporte a maior dificuldade para a atleta é a falta de apoio/patrocínio.

Para custear as despesas ela trabalha na maioria dos campeonatos em que luta e nos eventos da Federação, entre um treino e outro vende balas nos semáforos de Curitiba.

A faixa roxa conta com apoio da Akira com kimonos e roupas de treino e com uma bolsa de treinos da empresa Sorvete Paletitas.

Benefício do esporte para a atleta

Desde seu primeiro campeonato a sinistra viu na arte suave um estilo de vida, pois o esporte ensinou a superar e dominar os seus medos. Em cada campeonato ela aprende a controlar o nervosismo e não deixar a adrenalina atrapalhar a luta, mantendo o foco na adversária.

“Costumo falar que o jiu-jitsu foi um divisor de águas pra mim, mudou totalmente o meu estilo de vida.”

Principais títulos

Bicampeã Brasileira – faixa azul e roxa.

Campeã Sul Brasileira – faixa roxa.

Campeã Grand Slam do Rio de Janeiro – faixa azul.

Terceiro lugar no Mundial – faixa azul.

A faixa roxa estava se preparando para o campeonato Brasileiro, Mundial e Open Floripa Open, só que estão suspensos por causa da pandemia do coronavírus. Mas ela já está esperando o próximo campeonato ser liberado para poder participar.

Hoje mais do que qualquer título, Jéssika tem como o seu maior sonho dentro da arte suave conquistar a faixa preta e poder levar o jiu-jitsu para o maior numero de pessoas que puder.

A Jéssika deixa um conselho para quem tem o sonho de viver somente do esporte:

É difícil, no início não vai ser fácil, mas tem muitas pessoas de bom coração dispostas a nos ajudar pelo caminho, sem falar que é muito prazeroso e gratificante viver do que se ama, mesmo com todo perrengue vale muito à pena!

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
3
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atleta da Semana: Jéssika Bartoli

log in

reset password

Voltar para
log in