Atleta da Semana: Giulia Gregorut


A paulista Giulia Gregorut tem 19 anos e é faixa roxa representante da equipe Alliance. Ela começou no mundo das artes marciais com 6 anos no karatê, mas ficou mesmo foi no jiu-jitsu. Giulia deixou o conforto do lar e o convívio dos familiares e amigos para ir em busca de um sonho comum para a maioria dos atletas de jiu-jitsu: morar nos EUA e treinar ao lado de grandes feras do cenário competitivo atual do pano.

Mas como toda história de sucesso, o caminho não é nada fácil, e o preço é alto, nas palavras de Giulia: “Eu vim para os EUA sozinha, é difícil em datas comemorativas, quando a família costuma se reunir. Mas sabia dessas dificuldades desde quando me planejei vir pra cá e sempre estive disposta a pagar o preço. Aqui é incrível e o aprendizado tem sido constante!”. Mas a atleta encontrou o apoio que precisava: “Aprendo muito treinando com o Cobrinha e sou muito grata a ele e sua família, Kennedy e Dani, pois eles são milha família aqui, acredito que sem eles seria muito diferente.”

A rotina de treinos é puxada. “Fazemos aproximadamente 2h30 de BJJ, 1h de preparação física e tento complementar com mais 1h de drills todos os dias”. Tanto trabalho duro e disciplina é reflexo da experiência em treinar com um dos maiores nomes da modalidade: Rubens “Cobrinha”, único atleta a realizar o feito de conquistar o “Super Grand Slam”, em 2017, quando garantiu os principais títulos da IBJJF (Europeu, Pan, Brasileiro e Mundial) e ainda o título do ADCC. “O Cobrinha é o cara mais disciplinado que conheço, os treinos aqui são bem fortes e, como ele costuma dizer – um campeão de verdade não tem descanso!”.

Em 2017, Giulia conquistou o 3º lugar no Mundial da IBJJF, tendo a oportunidade de viver um sonho: “Lutar na pirâmide é incrível, uma sensação que só quem teve o privilégio de estar lá vai entender”. Em seguida foi forçada a se afastar das competições devido a uma lesão. Mais recentemente, em 2019, voltou firme e conquistou o título mundial com e sem kimono pela Sports Jiu Jitsu International Federation – SJJIF, entidade americana que se destaca por realizar competições de altíssimo nível e com premiações em dinheiro que tem atraído os principais nomes do esporte, firmando um lugar cativo no calendário competitivo do jiu-jitsu.

Giulia busca ser uma atleta completa e segue trabalhando para isso, mas como muita gente, tem aquela finalização que mais gosta. “Sempre busco treinar um pouco de tudo e minha finalização favorita é omoplata”. Com relação ao panorama atual do jiu-jitsu feminino, avalia que tem evoluído muito em vários aspectos, mas acredita que a presença feminina no cenário competitivo precisa melhorar, para que seja ainda mais valorizado.

Enfim, Giulia segue firme em busca do sonho de crescer na modalidade e se firmar como um grande nome entre as competidoras da arte suave: “Acredito que quem tem fé, vai a luta e conquista o que quiser!”


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

0

Qual sua reação

Curtir Curtir
1
Curtir
Amei Amei
1
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
1
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atleta da Semana: Giulia Gregorut

log in

reset password

Voltar para
log in