Como será seu jiu-jitsu em 2020?


Fechamos 2019. Alguns de faixa nova, outros com uma lesão a mais no currículo (faz parte, né), alguns com medalhas a mais. Mas todos com uma certeza: evoluir.

Esta é a oportunidade de fazer aquele balanço de tudo o que passou dentro e fora do tatame e extrair os aprendizados. Vale pular as 7 ondinhas, pedindo aquela guarda intransponível ou aquele patrocínio mara, mas um planejamento sempre ajuda a dar um norte. Aqui um pequeno roteiro:

1) Planeje seus campeonatos 

Vai lutar? É hora de listar os principais campeonatos, traçar suas estratégias, mapear o tamanho do investimento. Iniciar o planejamento financeiro para seus objetivos e em que períodos estas ações devem acontecer.

2) Faça sua retrospectiva 

O que deu certo e o que deu errado? O que você precisa melhorar no seu jogo? Onde empacou? É hora de analisar pontos fortes e fracos e contar também com a visão de outras pessoas, como seu mestre. Conversar com ele sobre o que é possível melhorar, como aproveitar ao máximo os treinos.

3) Estabeleça suas metas

2020 será o ano em que você vai começar a investir no jogo em pé? Ou você vai acrescentar mais uma finalização no repertório das suas preferidas? Quando a gente coloca meta, passamos a buscar a melhora de forma mais sistemática, conseguimos focar mais e mensurar nossa evolução.

4) Estudar sempre 

Mas jiu-jítsu se estuda? Sim. Assistir a vídeos de posição, discuti-la com os colegas, fazer
“laboratório” no treino, observar aquela posição forte do colega. São várias as possibilidades. Inclusive aproveitar os dias tranquilos de final de ano para consumir mais conteúdos sobre a arte suave.

5) Comprometa-se com sua rotina de treino 

Precisamos ter qualidade de treino, mas o volume ajuda muito para que os movimentos saiam automáticos, e a gente internalize alguns conhecimentos. Não adianta: quanto mais você pratica, tudo fica familiar e sai muito mais fácil.

6) Avalie suas necessidades 

O jiu-jitsu pede complementos como uma alimentação bacana, um reforço muscular. Coloque na agenda de 2020 reavaliar a dieta e atividades de apoio como musculação, pilates, funcional.

7) Atenção às lesões

Jiujiteiro sabe: lesão faz parte do pacote. Algumas pontuais, outras crônicas. Agora é aproveitar os dias de descanso para repouso. Emendar um check-up médico no início do ano nunca é demais.

8) Não descuide do mental

Um dos grandes benefícios do jiu-jitsu é trabalhar a autoconfiança. Este é um trabalho constante, especialmente para quem compete. Aproveite este período para colocar em sua rotina de aprendizado a busca por conteúdos a respeito do trabalho mental nos esportes. Tenha certeza de que vai servir muito – dentro e fora do tatame.

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como será seu jiu-jitsu em 2020?

log in

reset password

Voltar para
log in