10 maneiras de empreender com o jiu-jitsu: parte I


Fala galera! Se você ama jiu-jitsu e está precisando de uma renda extra, essas dicas são para você.

Separamos algumas maneiras possíveis de conseguir aquele dinheiro a mais no seu orçamento do mês, fazendo o que você ama. Nesta primeira parte, listamos as primeiras 5 dicas. Vem ver!

1- Trabalhar em campeonatos

Poucas pessoas sabem, mas você pode procurar os organizadores dos campeonatos da sua cidade, e se cadastrar para ser mesário, cuidar das chaves, auxiliar na premiação. Existe muito a se fazer nos bastidores de um campeonato, e se você não tiver nada pra fazer no final de semana pode ser, além de tudo, uma boa diversão. Geralmente não é exigido muita coisa, além de responsabilidade, e boa vontade em aprender. E aí vem uma boa notícia: se você gosta de competir, essa dica pode ser perfeita, pois em muitos lugares quando você trabalha pode competir “free” naquele evento, ou seja, ainda pode aumentar a sua coleção de medalhas.

2- Ser fotógrafo pessoal

Você já deve ter observado alguns adeptos do jiu-jitsu, que apesar de não serem conhecidos, possuem lindas fotos em suas redes sociais, pois é, você pode ser esse fotógrafo. Existem alguns cursos bem acessíveis de fotografia, podendo até usar seu celular, e hoje em dia a prática ainda pode ser sua aliada número um, pois há uma boa demanda. Já existem pessoas realizando esse serviço, fazem toda a cobertura fotográfica personalizada, além dos eventos, campeonatos, até nos treinos, e recebem por isso. Não é ótimo?! 

3- Se especializar em arbitragem  

Nas várias cidades do Brasil acontecem campeonatos de jiu-jitsu, e independente da importância e do tamanho, precisa-se de árbitros, e conseguir uma boa equipe de arbitragem não é tarefa fácil. A concorrência ainda é pouca, principalmente para as mulheres, então se você curte estudar os detalhes das regras do jiu-jitsu, aqui é seu lugar. Existem vários cursos espalhados pelo país, por um preço justo, mas claro, os mais aconselháveis são os devidamente registrados/conveniados com a CBJJ.

4- Ser um atleta/competidor 

É claro que a rotina de um atleta não se adequa a qualquer pessoa, pois exige renúncias, disciplina com alimentação, treinos, às vezes renúncias na vida social e familiar. Porém, atualmente o jiu-jitsu vem ganhando espaço, e temos campeonatos nacionais e internacionais com premiações em dinheiro para homens e mulheres. Além disso, cada vez mais empresas interessadas em apoiar, não só atletas, mas competidores, e adeptos do jiu-jitsu, em troca de visibilidade, seja com roupas, kimonos ou acessórios, que podem até serem vendidos, ou sorteados. Então, se você consegue ter uma boa rotina de treino, participar de campeonatos com frequência, ou é ativa nas redes sociais, pode aproveitar essa dica.

5- Ser professor/instrutor 

Essa dica depende da sua graduação, e às vezes também da aprovação do seu mestre. Então, se você já estiver habilitado a dar aulas, ou auxiliar, minha dica é: vá! Muitas vezes não nos achamos preparados, que não sabemos lidar com as crianças, ou medo de ser questionado por um adulto, mas tente, desafie-se. Muitas academias querem ter alguma atividade para criança ou alguma arte marcial, e muitos graduados dão aulas sozinhos, e sentem muita falta de alguém que se dedique e também se preocupe com as aulas, e não apenas apareça para auxiliar nas brincadeiras, ou na montagem do tatame. Ofereça ajuda, dê sugestões, e quando menos esperar vai estar ganhando o seu espaço.

Dinheiro extra é sempre bem-vindo. A gente pode investir num jantarzinho, uma viagem, ou uma sessão de beleza, pode aproveitar pra guardar uns trocados, ou agradar alguém que ama, ajudar a quem precisa ou até reinvestir no seu jiu-jitsu. É dinheiro EXTRA. Pois sabemos, que viver 100% do jiu-jitsu no Brasil, ainda não é uma realidade comum, mas mesmo assim, seguimos abraçando todas as oportunidades que o esporte nos oferece.

E aí, gostou das dicas? Conta pra gente como o jiu-jitsu ajuda você!


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

0

Qual sua reação

Curtir Curtir
4
Curtir
Amei Amei
2
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
1
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 maneiras de empreender com o jiu-jitsu: parte I

log in

reset password

Voltar para
log in