Como melhorar o gás nos treinos?


Todo praticante de jiu-jitsu – qualquer que seja o nível – já se deparou com essa questão em algum momento de sua trajetória na arte suave. Geralmente, a maior parte dos praticantes busca alternativas fora dos tatames para melhorar sua performance, em atividades como a tradicional musculação, corridas, treino funcional e, mais recentemente, o CrossFit. Sem dúvidas, são excelentes métodos de condicionamento físico, no entanto, correr por quilômetros de forma aleatória ou realizar circuitos intermináveis podem não ser as melhores estratégias para melhora da performance. Portanto, aí vai a primeira dica: é preciso que o programa de treinamento físico esteja alinhado com o que é feito no tatame!

O jiu-jitsu é uma modalidade individual com característica acíclica, ou seja, não possui repetição contínua do movimento. Durante uma luta, a intensidade do jogo varia em muitos momentos, alternando entre períodos de muita força e explosão com períodos de menor esforço físico. Estar preparado para esse tipo de situação requer grandes níveis de força e resistência muscular, daí a necessidade de complementar a preparação com o treinamento físico.

Além disso, um bom programa de treinamento físico deve ser precedido de uma avaliação de movimento, onde poderão ser identificados eventuais déficits motores, como pouca mobilidade articular, desequilíbrios musculares ou fraqueza de quadril, por exemplo. Dessa forma, outra dica é: busque auxílio de um bom profissional de Educação Física e que saiba analisar as demandas metabólicas e motoras características da nossa modalidade, para que o programa de treinamento seja estruturado de uma forma eficaz.

Para a maioria dos praticantes, treinar de duas a três vezes por semana já possibilita excelentes resultados. Priorize exercícios com pesos livres ou peso corporal, pois possibilitam melhores ganhos globais de força e potência.

Outras dicas importantes para seu treino render mais:

1. Não pule o aquecimento!

Parte essencial nas aulas, mas frequentemente negligenciada por muitos, o aquecimento bem realizado prepara seu corpo de forma global para receber a carga principal do treino. Nesse momento, todas as suas estruturas articulares e musculares serão mobilizadas para que possam ser exigidas ao máximo no treino, diminuindo o risco de lesões. Portanto, um bom aquecimento é fundamental, tanto nos treinos quanto nas competições!

2. Repetições

Uma capacidade fundamental para executar as técnicas com eficácia é a velocidade, e a melhor estratégia para tornar seu corpo mais veloz é a repetição dos movimentos. Os famosos “drills” são eficientes nesse sentido, pois é possível treinar fundamentos básicos e técnicas avançadas de forma fracionada e adicionar a sequência de movimentações de forma progressiva. Outra estratégia é realizar os movimentos por repetições ou por tempo, com a maior velocidade possível. Isso desenvolve a rapidez de raciocínio, velocidade de reação e resistência nos treinos.

3. Alimentação

Uma boa nutrição é fundamental para melhorar o rendimento nos treinos, seja para o praticante recreativo e principalmente para os competidores, que precisam ficar de olho na balança. A oferta adequada de nutrientes oferece ao nosso corpo o combustível necessário para realizarmos um treino de qualidade e contribui para uma recuperação otimizada entre as sessões. Sendo assim, vale a pena buscar ajuda com um bom nutricionista, que é o profissional que poderá quantificar suas reais necessidades e auxiliar, assim, na melhora da performance em treinos e competições.

Enfim, o conteúdo sobre treinamento é bastante denso e são muitas variáveis para serem analisadas quando da prescrição de uma rotina de preparação física. Por isso, busque sempre orientação com um profissional de Educação Física capacitado, para otimizar os benefícios e diminuir os riscos durante um programa de treinamento físico!

Obrigado e até a próxima! Oss!

Qual sua reação

Curtir Curtir
2
Curtir
Amei Amei
3
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como melhorar o gás nos treinos?

log in

reset password

Voltar para
log in