Você é um aluno/atleta nota 10?


Longe de mim querer tirar o mérito dos mestres e professores que dedicam suas vidas a compartilharem tudo o que sabem, mas o fato é que se você não for interessado(a), se você não for atrás da sua evolução, ela não irá acontecer.

Ajuda estar numa excelente equipe, treinando com os melhores, com aquele professor que já criou várias estrelas no esporte? Claro que sim! Mas o tanto que isso vai te ajudar vai depender única e exclusivamente de você.

Temos mania de terceirizar as coisas, principalmente nossos fracassos. “Meu professor não me dá atenção”, “perdi porque não tinha ninguém gritando pra mim durante a luta”, “não me cobram o suficiente”.

Jiu-jitsu funciona como uma universidade, onde você tem professores te explicando a matéria, acesso à biblioteca, laboratórios à disposição, monitoria, leituras complementares, projetos de extensão e mais uma infinidade de coisas que podem complementar sua formação acadêmica. Você pode fazer só o mínimo necessário para conseguir seu diploma e se tornar um profissional nota 5, que é a média pra passar, ou pode ir além e buscar cada vez mais o conhecimento e aproveitar tudo que aquele rico ambiente intelectual tem para te oferecer

No jiu-jitsu não é diferente. Independente de você competir ou não, de ser atleta profissional ou não, você pode escolher ser um atleta/aluno(a) mediano ou pode optar por ser a sua melhor versão.

Você pode ficar esperando alguém olhar pra você e ficar se lamentando quando isso não acontecer, usando essa situação para justificar seus fracassos ou pode tomar as rédeas do seu processo de evolução. Pedir ajuda ao seu professor, seus parceiros de treinos, treinar além do programado, identificar suas dificuldades afim de saná-las, saber que é muito bom quando se tem alguém no corner, mas se sentir capaz de lutar sozinho também.

É você quem vai mensurar o tamanho do seu sucesso e aonde você pode chegar. Identifique suas dúvidas, peça ajuda, deixe o ego em casa e acelere seu processo de evolução. Assuma a responsabilidade pelos seus erros e comemore com mais orgulho ainda seus acertos.

Muitas pessoas podem nos ajudar pelo caminho e devemos ser grato a elas. Mas se você não quiser ser ajudado, se o interesse não partir de você, as coisas não vão acontecer. É assim na vida, no jiu-jitsu não seria diferente. Seja nota 10! O mundo já está cheio de pessoas medianas. Faça a diferença! Oss

Qual sua reação

Curtir Curtir
1
Curtir
Amei Amei
5
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um aluno/atleta nota 10?

log in

reset password

Voltar para
log in