Retribuindo o bem – Projetos sociais de Jiu-Jitsu


Os projetos sociais surgem da vontade de apresentar a possibilidade de mudança na sociedade. Diariamente, ouvimos histórias tristes à nossa volta de crianças que são entregues à criminalidade, maus tratos e violência, e, consequentemente, tornam-se adolescentes criminosos e adultos sem perspectiva de futuro.

Que bom seria se essas crianças e adolescentes fossem apresentados a algo que tivesse o poder de transformar toda a dor em impulso para vencer. Eles entenderiam que há algo melhor pelo que lutar, entenderiam que a violência sofrida pode ser deixada para trás, mas, para isso, precisam de uma oportunidade para mudar a própria sorte.

E é exatamente esse o papel dos projetos sociais: mudar a vida das pessoas interessadas. Dar oportunidades para formar vencedores nos tatames e na vida! Um dos projetos sociais mais reconhecidos e admirados fica em São Paulo. Liderado por Cícero Costha, o Projeto Social Lutando pelo Bem vem há muitos anos ajudando e transformando vidas, formando campeões.

pslpb

Ele abriga os atletas que desejam viver de Jiu-Jitsu em sua academia, mesmo que eles não tenham condições financeiras para pagar pelo seu treino ou pela sua estadia. Além disso, em sua academia existem horários gratuitos destinados à comunidade carente que quer treinar e não tem como arcar com os custos da mensalidade.

Em uma entrevista, Cícero fala que teve sua vida transformada através do Jiu-Jitsu e ressalta que sua maior vontade é não dizer não a ninguém, além de ter mais espaço e oportunidades para ajudar ainda mais atletas. A história é linda e de sucesso, os depoimentos dos alunos ajudados são comoventes, fazendo os espectadores se sentirem tocados e dispostos a moverem-se para fazer a diferença.

Navegando pela internet, percebemos que existem projetos sociais em praticamente todos os estados, pessoas que dedicam seu tempo para dar aulas de jiu-jitsu à comunidade carente. Esses projetos precisam da sua ajuda, suas maiores demandas são por kimonos, novos ou usados, mas também precisam de mão de obra para abrirem mais turmas e, assim, ajudarem mais pessoas. Mais simples ainda, sua ajuda nas redes sociais podem alavancar as informações, para que o projeto chegue a quem realmente precisa, mas ainda não teve acesso.

Existem inúmeras formas de ajudar estes projetos, entre em contato e saiba como você pode ajudar. Vamos mostrar que a família do Jiu-Jitsu é unida e pronta para ajudar quem precisa. Procurem os projetos sociais da sua cidade e, caso não exista, por que não fazer um? Faça acontecer, nós podemos fazer a diferença para mudar o destino de muitas pessoas.

Caso você conheça algum projeto social, deixe nos comentários o nome e a cidade, assim, quem estiver disposto a ajudar pode entrar em contato para saber como.

Boa semana a todos!

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 4

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Retribuindo o bem – Projetos sociais de Jiu-Jitsu

log in

reset password

Voltar para
log in