Sofri uma lesão, e agora?


Praticantes de jiu jitsu sofrem dentro do tatame com as lesões dos treinos, e isso realmente é algo que assusta os atletas. É uma das coisas que afastam aqueles que querem iniciar na arte, porém, se alguns cuidados forem tomados, esse nome tão temido dentro do esporte pode ser evitado seguindo alguns passos básicos.

Alongamentos

Sempre se alongue antes dos treinos, de preferência todos os dias e antes do treino sem falta. Alongue todos os músculos, fortaleça a sua musculatura – É importante ter músculos, tendões e ligamentos fortalecidos, pois isso ajuda a nos proteger de lesões mais sérias. Musculação, yoga, pilates, enfim: opção é o que não falta.

Alimentação

Ter uma alimentação saudável e balanceada faz com que nosso corpo seja capaz de ter músculos e ossos mais resistentes, além de um bom preparo físico.

Atitude mental

Sempre se lembre que durante o treino, é importante superar seus limites, saber resistir mais. Mas é importante também saber respeitar os limites do seu corpo. No próprio Jiu-Jitsu podemos resistir algumas projeções, mas reconhecer quando o amigo realizou uma boa técnica e ceder também é importante. Pois resistir excessivamente, pode ocasionar uma lesão mais séria. Em competições temos a tendência a resistir a tudo e é até aceitável, afinal, é uma competição e queremos vencer. Não é a toa que a maioria das lesões ocorrem durante as competições. Mas durante o treino, essa atitude mental é desnecessária. Se a sua parceira de treino encaixou bem aquele arm-lock, não resista. Saiba reconhecer a técnica do seu parceiro de treino, pois saber reconhecer é um sinal de respeito ao seu corpo.

 Sofri uma lesão, e agora?

Uma das mais cascas grossa do Jiu-Jitsu e do MMA, Talita Treta se lesionou recentemente em um treino, onde rompeu o ligamento cruzado e menisco, e após uma cirurgia e um período de recuperação, Talita logo voltará aos treinos.

Primeiramente não se desespere ou fique frustrado. É claro que algumas lesões podem ser mais sérias que outras, e assim, exigem um tratamento um pouco mais longo ou até mesmo uma cirurgia. Estas são as que mais desanimam, mas lembre-se que sempre há a chance de recuperação.

Caso a lesão seja grave e precise de cirurgia, tenha paciência e dedicação, com um bom acompanhamento profissional em alguns meses você poderá voltar aos treinos normalmente. Nunca deixe seu corpo parado por causa de uma lesão, procure fazer alongamentos, ou aulas de pilates para fortalecer o local lesionado e até mesmo ajudar mais rapidamente na recuperação.

Dessa forma, se a lesão não for muito grave, não deixe de ir aos treinos, faça algumas técnicas leves, um treino de menor intensidade, e aos poucos vá recuperando sua forma normal. Com essas dicas, mesmo lesionado, nunca mude sua forma de pensar, e assim será uma verdadeira guerreira dentro e fora dos tatames. E quando voltar aos treinos, volte com mais vontade força e dedicação. A lesão é apenas uma barreira a ser superada e uma oportunidade que temos de trabalhar nosso espirito de guerreiro.

Bons treinos a todas.

Oss!

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sofri uma lesão, e agora?

log in

reset password

Voltar para
log in