Lesões musculares e o jiu-jitsu


Você já teve alguma lesão muscular? Dificilmente alguém responde não para esta pergunta. Entretanto, se você nunca praticou esportes ou é muito jovem ainda, talvez seja possível responder não. Mas, se assim como eu, você treina jiu-jitsu e já tem “alguma idade”, então é quase que uma certeza que já sofreu lesões musculares.

As lesões musculares e a recuperação das mesmas, segundo literatura especializada (leia aqui), seguem um mesmo padrão em comum que ocorrem em três etapas distintas: destruição, reparação e remodelação. A musculatura, em média, corresponde a cerca de 40-50% do peso de um homem adulto e de 25-35% em uma mulher. Práticas esportivas como o halterofilismo fazem com que esta porcentagem possa atingir os incríveis 65%.

As causas para as lesões podem ser as mais diversas, desde fadiga até mesmo propensão genética. As lesões mais comuns (chegando a cerca 55% das ocorrências) ocorrem durante a prática esportiva. Lesões fora das atividades esportivas podem ocorrer simplesmente com a pessoa caminhando, descendo ou subindo uma escada, levantando algum peso e uma outra série de movimentos comuns que fazemos em nossos cotidianos.

De forma curiosa, ao menos para um leigo como eu, as lesões musculares mais comuns ocorrem nos membros inferiores e, dentre os músculos mais afetados, três tem uma incidência mais comum. O primeiro deles é o semitendíneo, que faz parte de um conjunto de três músculos do posterior da coxa. O segundo é o quadríceps, que se encontra na face anterior da coxa. O terceiro é o gastrocnêmio, que se encontra na chamada “batata da perna” (ou panturrilha).

Como sabemos, o jiu-jitsu exige muito dos músculos das pernas e, portanto, não é incomum termos dores ou lesões na musculatura dos membros inferiores. É claro que também temos lesões nos membros superiores e em outros locais, mas os mais comuns são em membros inferiores.

Um estudo brasileiro conclui que “o ideal é que o atleta de jiu-jitsu fizesse um complemento de seu treinamento visando o ganho de força e fortalecimento das articulações, tendões e ligamentos, já que esses são os alvos visados no jiu-jítsu, para dessa maneira minimizarem ao máximo as possibilidades de lesões”. Podemos entender ganho de força e fortalecimento como melhoria muscular, que tem como consequência, um reforço no combate às lesões em geral e não apenas as musculares.

Fatores como assimetria no tamanho e capacidade dos músculos, como por exemplo, um bíceps maior que o outro, têm sido apontados como fontes de lesões mais severas. O balanceamento muscular correto tem sido apontado como um fator determinante na redução de lesões musculares. Por esta razão sugerimos que atletas de jiu-jitsu, em especial quem compete, faça avaliações físicas e fisiológicas seguidas.

A recuperação das lesões musculares deve ser levada muito a sério. E o acompanhamento de um profissional da área médica é fortemente recomendado. A extensão da lesão e o tipo determinará o tempo de recuperação bem como a estratégia a ser adotada. Em geral, as extensões das lesões nas fibras musculares são também de 3 tipos: menores do que 5%, entre 5-50% e maiores que 50% ao rompimento total das fibras. Dependendo da extensão e tipo, intervenção cirúrgica se faz necessária.

De forma geral, nota-se que há muita controvérsia na literatura técnica recente sobre metodologias para se evitar lesões musculares e em práticas para recuperação das mesmas. Entretanto, não vemos nenhuma contraindicação a boa alimentação, musculação acompanhada de profissional para fortalecimento e descanso muscular adequado.

Como alguém que já tem mais de 40 anos, eu confesso que procurei tempo de recuperação muscular para minha faixa etária em uma literatura especializada, mas temos poucos dados sobre o jiu-jitsu. O que, com certeza, é um campo fértil para muitas pesquisas científicas. Estarei acompanhando!

Bons treinos! Oss!



Clube de Vantagens BGM

Bejayjay

Fortaleça e mantenha forte a sua pegada com as tapes iradas da BEJAYJAY. E mais, com o cupom @BJJGIRLSMAG você ganha 10% de desconto nas compras no site. Aproveite, garanta o seu!

Qual sua reação

Curtir Curtir
2
Curtir
Amei Amei
3
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lesões musculares e o jiu-jitsu

log in

reset password

Voltar para
log in