Quais as metas para 2019?


O ano está acabando e o jiu jitsu está entre as suas metas para 2019? Voltar a treinar? Graduar? Treinar mais? Competir? Ganhar um campeonato?

Sempre quando um ano chega ao fim, colocamos na balança o que aprendemos, temos que melhorar e a famosa meta para o próximo ano. Vamos ver alguns exemplos de objetivos que podemos colocar para o próximo ano.

Campeonatos

Muitas das jiujiteiras tem como metas vencer um campeonato e para isso sabem que em 2019 os treinos vão ter que ser levados mais a sérios. Os grandes campeonatos dentro e fora do Brasil são os mais almejados para quem está dentro do esporte. Chegou a época de fazer a lista de quais você quer participar e começar o próximo ano treinando muito para chegar ao pódio.

A Deise Leonanjo, pegou a faixa roxa e já tem como meta ser campeã do World Pro, um dos campeonatos mais cobiçados para os competidores. Já estamos na torcida pela Deise.

A nova faixa preta Nika Schwinden que é inspiração para muitas mulheres dentro e fora do tatame conta que para 2019 tem como objetivo trazer ainda mais mulheres para dentro do tatame. “Mulheres normais como eu, que só precisam de um empurrãozinho para ver o quão extraordinárias são. Porque é isso que o jiu-jitsu faz na sua vida, ele a transforma, de dentro para fora. Ele te faz humilde, te traz autoestima e perseverança. Com certeza hoje meu maior objetivo é esse, difundir o Jiu Jitsu para mulheres”

A competição já não tem a ver mais com medalhas para ela e sim superação pessoal. São as competições que fazem a Nika crescer como ser humano, precisando dessa vivência para ela própria e para as mulheres que ela ensina. E o jiu-jitsu é a arma que ela usa para construir o mundo que ela tanto sonha.

Graduação

No final do ano é época da mais esperada graduação e para quem graduou o ano já começa com novidades. Todos esperam essa época para o seu trabalho ser reconhecido e amarrar uma nova cor de faixa na cintura.

Mas cada faixa chega com muitas responsabilidades e novas experiências. Ter mais comprometimento com treinos, levar o que aprendeu não somente para dentro do tatame, mas para fora dele.

A Carolina Lopes aqui do BGM graduou para a faixa roxa e está muito feliz. Mas com aquela ansiedade de “começar de novo”, a ficha só vai cair quando o vierem as novas responsabilidades e campeonatos.

Voltar ao tatame

Voltar aos treinos é uma das metas para quem teve lesões ou não conseguiu conciliar o jiu-jitsu em 2018. Se recuperar de uma lesão é uma maneira de voltar renovada para o tatame, mas com muito o que aprender por causa dos dias que ficou sem treinar.

Independente da sua meta é importante saber que devemos sempre levar os ensinamentos de dentro do tatame para a vida. O jiu jitsu é a arte que transforma vidas. Por exemplo a de muitas mulheres que entram por causa de problemas e descobrem um motivo para viver. A superação pessoal é muito importante.

E a sua meta de 2018, você atingiu? Conta pra gente quais são os próximos objetivos!



Clube de Vantagens BGM

Vinicius Martins Osteopatia

Pra galera do Rio de Janeiro: o Vinicius é osteopata e trata de atletas de ponta como Claudia do Val, Michele Oliveira, entre outros. Nossa parceria com ele concede 20% de desconto em qualquer atendimento. Corre lá pra marcar uma avaliação! >> @osteopatia_viniciusmartins

Qual sua reação

Curtir Curtir
4
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quais as metas para 2019?

log in

reset password

Voltar para
log in