Apresentando o jiu-jitsu por meio da defesa pessoal


O Outubro Rosa acabou. Mas isso não significa que a ideia que ele traz deve terminar também. Hoje, apesar da ênfase ao combate ao câncer de mama, temos uma ideia muito mais ampla e protetiva para com as mulheres. Muitas ações permeiam este mês que passou e sempre no sentido de cuidado às mulheres. Neste contexto, tivemos uma ideia: um aulão de defesa pessoal feminina como um primeiro contato com o jiu-jitsu. Muitas leitoras e leitores dirão que a ideia não é em nada original. E isto é uma grande verdade (rs)! Mas nem por isto deixou de ter sua importância!

Eu faço parte de um grupo de WhatsApp destinado a viagens e ecoaventuras em geral, o Mochilão e Trekking Brasília. Neste grupo fiz muitas amizades e já participei de algumas viagens com muitas pessoas diferentes. Muitas das participantes, por serem minhas amigas deste grupo e saberem da paixão que tenho pelo jiu-jitsu, aceitaram participar do aulão de defesa pessoal feminino. Afinal, o mundo não anda um lugar simples para as mulheres. 

O aulão

Para a realização deste aulão, convidamos o Mestre Rodrigo Bicudinho, da Black Team Jiu-Jitsu de Brasíla, que prontamente aceitou e ainda ofereceu gratuitamente a aula para todas.

Tivemos alguns homens na aula. Além da oportunidade de aprender um pouco da arte suave com o Mestre Bicudinho, serviram de “agressores”. O rapaz no meio da primeira foto do texto (abaixado), com seus mais de 1,90 de altura estava lá para provarmos que não é o tamanho que fara a diferença quando a técnica é bem aplicada. Meninas de 1,60 de altura e significativamente com menos força foram capazes de derrubá-lo sem maiores dificuldades.

As participantes aplicando as técnicas ensinadas

As técnicas ministradas

Diferentes técnicas básicas foram ensinadas contra “agressores”. Situações comuns (infelizmente comuns) foram abordadas pelo professor, como as mulheres sendo puxadas pelos pulsos e braços, defesa de gravatas e situações em que o agressor segura a vítima pela cintura prendendo os braços da mesma.

Defesa de ataques com facas e outras situações simuladas também foram abordadas. Mas lembramos que reação a uma agressão com armas de fogo ou armas brancas é somente em um último caso. Prefira sempre fugir aos confrontos diretos.

Técnica de defesa de agressão com faca sendo simulada

A experiência e a lição

A experiência do aulão foi tão boa que já estamos programando uma segunda edição. E as participantes, que eram quase todas amigas, relataram como foi proveitosa a experiência. Contudo, temos que saber uma lição bastante importante sobre a defesa pessoal. Ninguém vai saber se defender em uma situação real com apenas uma aula. É preciso o treinamento continuado para que isto seja viável. Portanto, vamos treinar!

A defesa pessoal é uma parte muito importante do jiu-jitsu, apesar de ser esquecida por muitas academias. Ela pode também ser uma “porta de entrada” para a arte suave para quem não tem vontade de vestir o kimono em um primeiro momento.

Bons treinos! Oss



Clube de Vantagens BGM

Multiformula

Se engana quem pensa que eles são só uma farmácia de medicamentos manipulados. A Multiformula trabalha com produtos de primeira qualidade e profissionais capacitados. De produtos para a pele à suplementos. E o nosso desconto é de 10% em qualquer produto! Corre lá pra entrar em contato! >> @multiformula

Qual sua reação

Curtir Curtir
2
Curtir
Amei Amei
2
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apresentando o jiu-jitsu por meio da defesa pessoal

log in

reset password

Voltar para
log in