Outubro Rosa: um convite à conscientização


Nesse mês ocorre o movimento denominado “Outubro Rosa”. Essa campanha tem como objetivo promover a conscientização das mulheres em relação ao câncer de mama. Além disso, muito se tem falado sobre a empatia pelas pessoas que enfrentam esse diagnóstico. Outubro já está acabando, mas não podemos esquecer de dar esse recado e estar sempre alerta a esta causa tão importante.

Câncer de Mama: riscos e prevenção

O câncer de mama é uma doença que se desenvolve quando células anormais da mama se multiplicam. São vários os tipos desse câncer e eles podem progredir no organismo de formas diferentes.

Ao contrário do que muitos pensam, a doença pode afetar tanto as mulheres quanto os homens (mesmo que em menor escala).

Através de exames pode-se detectar e diagnosticar com precisão o tipo de câncer, estágio e qual será o tratamento.

Por mais que a medicina ainda não tenha encontrado a cura para o câncer, muitos estudos ajudaram na identificação dos fatores de riscos, o que auxilia nas políticas de prevenção da doença.

Seguem alguns dos fatores de risco mais comuns:

– Idade (é mais comum após os 50 anos)

– Obesidade

– Sedentarismo

– Consumo de álcool

– Histórico familiar

O Ministério da Saúde afirma que 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados. Para isso, são necessárias algumas mudanças de hábito que interferem diretamente na qualidade de vida. Dentre elas:

– Alimentação saudável

– Prática de atividade física

– Evitar o consumo álcool

– Amamentar

Sinais e Sintomas

 Além dos exames de rotina que devem ser realizados anualmente, é muito importante fazer o autoexame. Ele pode ser feito a cada mês, de preferência uma semana após a menstruação.

Caso durante a realização do autoexame ou na sua própria rotina for verificado algum dos sintomas abaixo, é necessário procurar por um médico o mais breve possível.

Alguns sinais que podem ajudar no diagnóstico precoce:

– Caroço na região da mama (geralmente indolor)

– Nódulos na região da axila e do pescoço

– Diferenças na textura e coloração da pele

– Alterações no mamilo

– Saída de líquidos dos mamilos

Lembre-se que quanto antes a doença for identificada, maiores as chances do tratamento ser efetivo.

Jiu-jitsu como instrumento de prevenção

Um artigo científico publicado pela revista Nature, produzido com participação do Ministério da Saúde afirma que 1 em cada 10 mulheres poderiam ser poupadas do câncer de mama se praticassem atividade física regularmente.

Um fator que está atrelado ao desenvolvimento da doença é o alto índice de estrogênio no corpo. Quando nos exercitamos, o metabolismo de alguns hormônios melhora e há uma redução dos circulantes inflamatórios.

A prática do jiu-jitsu trabalha tanto o corpo quanto a mente. Dentre os benefícios físicos podemos citar: perda de peso, estímulo à movimentação, equilíbrio, flexibilidade e força muscular. Já no caso da nossa mente, o autoconhecimento, autocontrole, a disciplina e a sociabilidade também são elementos aprendidos no tatame.

O Ministério da Saúde aponta que a mudança de hábito pode ser fundamental na prevenção do câncer de mama. Então, quem sabe hoje seja o dia de dar uma chance para o esporte ou até mesmo para voltar.

Fonte: INCA



Clube de Vantagens BGM

Açaí Club

Bateu aquela fome depois do treino? Se você é de São Paulo, não pode deixar de conhecer o Açaí Club Aclimação. Lá você pode desfrutar de uma alimentação nutritiva com ingredientes de qualidade e preço justo. O Açaí Club Aclimação é bem democrático: lá você encontra pratos fits, veganos e, também alguns mais calóricos. E falando que segue o Bjj girls Mag, você tem acesso a 10% de desconto em qualquer pedido. Não é demais?

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
2
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
1
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outubro Rosa: um convite à conscientização

log in

reset password

Voltar para
log in