Como prevenir e tratar pequenas lesões no jiu-jitsu


Uma das coisas mais difíceis para os praticantes do jiu-jitsu, são as dores e pequenas lesões dos treinos, que impossibilitam atividades do seu dia a dia e também a prática diária de exercícios físicos por um período de tempo, até recuperar bem.

Pode parecer surpreendente, mas a maioria das vezes nós mesmos colaboramos para ocasionar uma lesão, devido a falta de cuidado com a manutenção do corpo e seu fortalecimento, e também a exposição desnecessária a lesões que se ocasionam pelo excesso de força e brutalidade nos treinos.

A fim de ajudar, trouxe hoje dicas e especificações de dois profissionais de fisioterapia conceituados no meio esportivo em Florianópolis e região, Fernando Guerra e Frederico de Miranda.

Fiz algumas perguntas básicas a eles e tenho certeza que as explicações e dicas serão muito úteis para melhorar o seu desempenho de treino e prevenir pequenas lesões.

Dr. Fernando Guerra – Fisioterapeuta/ Osteopata

– Como aliviar dores de tensão muscular?

As dores de tensão muscular ocorrem por problemas de uso da musculatura, não por traumas externos, logo pode ser utilizado calor superficial para aumentar o fluxo sanguíneo no local e consequentemente relaxamento local. Assim como massagens superficiais (para aliviar a tensão/ pontos gatilhos/ espasmos da musculatura mais superficial e dores) e profundas (para aliviar tensão/ pontos gatilhos/ espasmos de musculaturas profundas), e a massagem para drenagem de metabólitos (resíduos do metabolismo muscular pós-exercícios, como o ác. lático) essa deve ser superficial e profunda. Usualmente também se faz imersão em banheira com gelo após exercícios extenuantes, o gelo faz com que sejam drenados os metabólitos da musculatura e evitem dores pós-exercícios. A utilização de alongamentos em grupamentos musculares auxilia muito no alívio de tensões musculares.

Porém, ao persistirem os sintomas, técnicas mais sofisticadas devem ser empregadas com uma avaliação mais criteriosa. A manutenção da tensão muscular pode gerar um espasmo mantido da musculatura gerando um gasto energético da fibra, debilita e a deixa mais propícia a um estiramento muscular, com isso ainda gera um processo de estiramento mantido em seu antagonista (sua contra parte ex: bíceps agonista e tríceps antagonista) que leva a um estado de hipertonia que deixará a musculatura fraca. Além de tudo isso, pode ocorrer ainda o bloqueio articular levando a lesões articulares entre outros comprometimentos.

– Como tratar de hiperextensões nas articulações?

Muito importante o trabalho de estabilidade articular através do fortalecimento muscular ao redor da articulação, pois a musculatura faz a estabilização dinâmica enquanto o ligamento a estabilização estática, quando o ligamento apresenta um estado de hiperlaxidão ele não consegue mais estabilizar com efetividade a articulação, assim exigindo mais da parte muscular para estabilizar.

O trabalho de propriocepção (sensação da localização espacial do corpo) também é muito importante, pois antecipa a ocorrência de um movimento brusco que poderia gerar uma lesão por estiramento do ligamento já debilitado além de luxações.

Porém, ao persistirem os sintomas outras técnicas devem ser empregadas com uma avaliação mais criteriosa, porque pode ocorrer hiper mobilidades ou articulações com excesso de movimentação, confundidas com hiperlassidão. Essas podem ser geradas por espasmos musculares que diminuem a movimentação de uma articulação e por consequência geram uma articulação hipermóvel compensadora, então se faz importante o alongamento em estruturas vizinhas específicas, além do mais a postura viciosa estática pode levar a alterações de posicionamento articular levando a solicitação excessiva ligamentar deixando-o em estado de estiramento contínuo.

Dr. Frederico de Miranda – Fisioterapeuta Esportivo

–  Como prevenir pequenas lesões nas articulações?

O jiu-jitsu é uma arte que produz uma combinação de chaves articulares, imobilizações, estrangulamentos, obrigando o oponente a render-se (desistir da luta) ou ficar impossibilitado de prosseguir devido a finalizações. Todos os praticantes tanto profissionais quanto amadores estão sujeitos a lesões, tais lesões que pode retirá-los tanto de atividades de vida diária quanto a volta aos tatames.

Outro fator importante a ser levado em consideração no jiu-jitsu é saber deixar o ego de lado e aprender hora de soltar o golpe antecedendo a lesão. Muito comum aluno iniciante lesionar pelo uso excessivo da força em momentos inadequados.

Programas com atletas, tanto profissionais como amadores de preparação física específica relacionada à prevenção de lesões na modalidade, auxiliam na vida útil do atleta de alto rendimento, assim como melhoras significativas no desempenho do atleta. As pesquisas demonstram que 64% dos atletas já tiveram ao menos uma lesão ao longo da prática desportiva.

Diante a isso, podemos ressaltar alguns hábitos que ajudam a prevenir não só no jiu-jitsu, mas na prática de qualquer modalidade esportiva, são elas:

  • Fortalecimento muscular – Faça musculação, a maioria dos esportes requer um fortalecimento muscular e isso é obtido através da musculação e no jiu-jitsu isso não seria diferente. É uma das formas de prevenir lesões, pois seus músculos fortalecidos ficam mais resistentes e preparados para os golpes que ocorrem nos treinos e competições.
  • Alongamentos – Sempre antes ou depois dos treinos. Alongue todos os músculos e com calma, para adquirir todos os benefícios desta prática.
  • Alimentação – Uma boa alimentação, rica em proteína magra para a manutenção dos músculos e carboidrato para garantir a energia necessária, dentre outros nutrientes essenciais para se manter forte e evitar lesões (consulte um nutricionista).
  • Concentração – É importantíssimo sempre lembrar que os treinos requerem concentração para atingir o objetivo e chegar ao seu limite, devido a isso não o ultrapasse. Concentre-se e siga seus instintos.

Agora é só botar as dicas em prática e, se for o caso, buscar um profissional para auxiliar no seu caso.


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

0

Qual sua reação

Curtir Curtir
14
Curtir
Amei Amei
9
Amei
Haha Haha
2
Haha
uau uau
1
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como prevenir e tratar pequenas lesões no jiu-jitsu

log in

reset password

Voltar para
log in