Defenda-se primeiro!


Sempre que perguntarem falarei que o jiu-jitsu é a arte suave, mas o sistema é bruto! Aprendemos desde o início que a técnica domina a força, que nossa arte é a que o mais fraco consegue vencer o mais forte, mas não é sempre assim!

Em uma situação em que o mais fraco seja conhecedor das técnicas e o mais forte não, claro, o jiu-jitsu vai ganhar. Saber usar as alavancas, o posicionamento do corpo para otimizar nossa força e invalidar a do outro e, para os mais avançados, conseguir usar a força do outro contra ele mesmo, nos dão uma enorme vantagem no domínio de uma situação de luta.

Eu, como mulher, e acredito que várias de nossas leitoras irão se identificar, sinto na pele que palavras são lindas, mas na prática é um pouco mais complicado. Ainda que numa mesma faixa de peso, os homens têm vantagem de força, e no treino, teoricamente todos estão aprendendo as técnicas, então não é uma situação onde eu sei alguma coisa e a outra pessoa não sabe nada. Todo mundo que está lá sabe alguma coisa.

Até o momento em que estamos todos utilizando as técnicas, a força do nosso oponente nos vence. Para superar um oponente no treino, nossa técnica tem que ser muito superior à técnica do adversário, e mesmo assim ainda é difícil.

Meninas, não se sintam frustradas quando parecer que vocês não estão conseguindo nada. Que todos os companheiros passam sua guarda, que você não consegue sair dos 100kg deles. Às vezes não tem jeito mesmo. Olhem a evolução de vocês por quanto vocês conseguem se defender. Se dediquem aos treinos das técnicas de defesa. Dar armlock e triângulo é lindo, mas de nada vale se o oponente já passou sua guarda e está te amassando. Se defender sempre é o primordial.

Acima de tudo, ao lutar com uma pessoa muito mais forte, tenham paciência. Não fique desperdiçando energia achando que vai conseguir “supinar” o cara para repor a guarda. Talvez no tempo de luta determinado no treino vocês não conseguirão repor uma guarda ou sair de uma montada, mas lembre-se que se defender é o mais importante. Com o treino e o tempo vocês irão conseguir evoluir a técnica a ponto de conseguir reverter uma situação ruim e poder atacar.

O bruto-jitsu

A ideia inicial desse texto era falar do “bruto-jitsu”, mas para discutir como treinar com parceiros brutos é necessário falar primeiro de aprender a se defender. Toda a resolução dessa questão passa por isso.

Primeiramente, vamos identificar o colega que luta bruto-jitsu. Ele pode ser grande, ou não, ser fortão ou não, mas uma coisa é sempre notável: ele quer te finalizar de qualquer jeito! Começa a luta e ele só quer te finalizar, ele não quer treinar a raspagem ou passagem do dia, não quer tentar fazer o drill pra montada, nada! Ele só quer te finalizar.

Quantas de vocês já foram pra casa com a cara ralada porque o estrangulamento não estava encaixado? O braço estava por cima do queixo, longe do pescoço, mas não importa, não é mesmo? Ele vai fazer a força toda ali e machucar seu rosto, sua boca, seus dentes, para você bater porque senão seu maxilar vai sair do lugar.

Não me entendam mal, no campeonato, vale tudo! Tudo que não é proibido por regras, mas convenhamos, no treino não seria necessário isso, mas ele é bruto e quer te finalizar, então mesmo sem precisar ele vai fazer.

Como treinar com praticantes de bruto-jitsu

Vou dar algumas dicas pra vocês treinarem com seus colegas brutos, mas eu vou ser sincera, depois de sete anos de jiu-jitsu ainda tenho dificuldade às vezes e saio com a cara ralada, principalmente porque eu treino jiu-jitsu e se não tiver pegando a finalização eu vou segurar, mesmo que minha cara saia ralada. Mas não se prendam nisso, faço isso porque ainda sou orgulhosa, tenho que tirar esse restinho de orgulho que ainda se prende em mim, porque, primeiramente, no tatame não é lugar de ser orgulhoso, é lugar de aprender jiu-jitsu.

Então, como já disse no início do texto a primeira dica é: SE DEFENDA PRIMEIRO, E SEMPRE! Aprenda a proteger seu pescoço e seus braços (as pernas eu nem digo tanto, pois você só vai preocupar com isso mesmo da marrom em diante).

Aprenda a se posicionar lateralmente, nunca de costas chapadas no chão, pra você conseguir respirar. Então, mãos perto do pescoço, cotovelos fechados e costas fora do chão!

Segunda dica: NÃO SEJA ORGULHOSA! Deixe o orgulho fora do tatame, ele te impede de evoluir e, principalmente, vai fazer você se machucar e com isso você vai perder treinos e tempo para evoluir.

Terceira dica: SEJA PACIENTE E SE ACALME! Não gaste energia à toa, eu sei que tem o tempo de luta, mas seja paciente, se acalme, se recupere, esteja pronta pra aproveitar a oportunidade que vai surgir de reverter uma situação ruim. De nada vai adiantar você ficar fazendo força em cima de uma força maior de uma posição desfavorável. Você vai gastar tudo que tem e na hora que a oportunidade boa surgir, você já não vai ter condições de aproveitar.

Dica extra: Meninas, se vocês fizerem pegada no kimono do colega e perceberem que ele vai fazer a estourada da pegada, SOLTA ANTEEEESSSSSS!!! Senão os dedos “vão pro saco”. Fala sério, meses com os dedos doendo!

Me alonguei demais, espero que as dicas sejam uteis aí na caminhada de vocês. Boa sorte pra nós! OSS!

OBS: Não é só homem que praticar bruto-jitsu não, muita mulher também!

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
9
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 2

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Defenda-se primeiro!

log in

reset password

Voltar para
log in