Preciso saber todas as guardas do jiu-jitsu? Parte I: a filosofia da arte marcial


As guardas do jiu-jitsu são as mais variadas. Temos guarda aberta, fechada, aranha, verme/worm guard meia guarda, laço, de La Riva, guarda X, borboleta, 50/50, borracha, tartaruga. Quando eu escrevo outras significa que podem existir outras que eu nem conheço ainda.

No caminho para a faixa preta precisamos desenvolver uma série de habilidades técnicas e táticas para que nossa arte suave flua de forma realmente suave. Todas estas guardas ainda têm algumas variações que torna os seus aprendizados ainda mais desafiadores e complexos. Considerando que em média leva-se de seis a oito anos para se chegar na faixa preta, percebemos que existe muito conhecimento para ser absorvido. Isto sem considerar que existe ainda uma infinidade de técnicas como passagem de guarda, raspagens, defesas, contra-ataques, quedas, defesa pessoal e outras que os praticantes do jiu-jitsu têm que aprender ao longo do percurso.

Mas a pergunta permanece. Eu preciso saber todas as guardas do jiu-jitsu? Esta resposta não está necessariamente relacionada com certo ou errado, mas sim com uma filosofia do esporte e das artes marciais. Creio ser ponto pacífico que todas as pessoas que praticam jiu-jitsu devem aprender as guardas essenciais, do tipo old school mesmo, como a guarda fechada. Mas o desenvolvimento do esporte trouxe inúmeras guardas modernas como a 50/50.

O jiu-jitsu é apaixonante também por ser uma arte marcial em constante evolução. Aprender diferentes técnicas, aprimorar técnicas antigas e desenvolver novas é um percurso natural para quem treina. Mas atenção! Se você nunca desenvolveu nenhuma técnica inédita, saiba que isto não é motivo para preocupação e muito menos para se ter vergonha.

O conhecimento é algo que diariamente evolui e por si só se questiona. E, neste sentido, quanto mais se aprende, melhor é para quem aprendeu. Por isto eu considero excelente quem aprende o maior número de guardas possível. Conhecer todas estas guardas citadas e ainda outras não significa necessariamente ser alguém que utiliza todas elas. Mas o entendimento da dinâmica de cada movimento só vem a acrescentar aos atletas e possibilitar defesas, contra-ataques e anulação da guarda de oponentes.

Um exemplo que podemos colocar sobre este ponto é a guarda borracha. Ela é um tipo de guarda que exige uma flexibilidade e elasticidade em níveis bons de quem a executa. Consiste em uma variação da guarda aberta, utilizando uma das pernas e o braço oposto para prender o adversário. Eu nem mesmo consigo fechá-la com o colega de treino deixando. Quanto mais conseguiria hoje em dia aplicar esta guarda. Mas por saber que tem pessoas que a usam, fui ver como eu poderia me defender desta guarda tão bonita e tão eficaz par quem a domina.

Temos grande exemplos do esporte os quais vêm aplicando diferentes guardas e com sucesso. Na sequência deste texto, na parte II, iremos falar e desenvolver mais esta questão. A questão então é que conhecer uma guarda não se traduz automaticamente em utilizar a mesma. Saber como uma guarda funciona, como se defende, como se contra-ataca e etc. não faz com que as pessoas a executem, apliquem e, mesmo, que possam ensinar sobre a mesma.

Mas o jiu-jitsu é exigente com quem o pratica. Dominar tantas guardas requer muitos anos de treinamento e dedicação. E, para se dominar estas guardas mais modernas comece dominando as tradicionais. A clássica das clássicas – guarda fechada – continua até hoje sendo, por exemplo, uma das maiores referências em termos de simplicidade e eficácia. Quantas lutas foram e são decididas com ela? Todos lembramos de algum armlock ou triângulo que já levamos desta guarda.

Continue seus estudos e aprendizado do jiu-jitsu, sem negligenciar o básico, e aprenda tudo quanto puder. Aprenda, se dedique e domine esta arte marcial tão surpreendente. Bons treinos para vocês amigas e amigos leitores da Bjj Girls Mag!

Qual sua reação

Curtir Curtir
6
Curtir
Amei Amei
2
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso saber todas as guardas do jiu-jitsu? Parte I: a filosofia da arte marcial

log in

reset password

Voltar para
log in