A conquista da faixa azul no jiu-jitsu


O sistema de graduação de faixas foi instituído com o intuito de uniformizar e facilitar o ensino e a prática do jiu-jitsu brasileiro, assim como padronizar os modelos de competiçãoCada faixa conquistada significa mais um passo na incessante busca de conhecimento na arte suave. Por mais que a troca de faixa não seja o único objetivo, ela é consequência e reconhecimento do trabalho feito por cada atleta.

Eu, como adepto e apaixonado pelo jiu-jitsu, tenho buscado minha evolução como faixa branca constantementedentro e fora do tatame, e com a proximidade da graduação/troca de faixa, alguns pontos venho me questionando sobre essa responsabilidade que deve ser comum a muitos praticantes que vivem essa experiência. Percebo que a faixa azul é o divisor de águas no jiu-jitsu, muitos perdem o interesse, ficam na azul e desistem e há quem realmente se apaixona pelo esporte e avança para a roxa.

Mas antes de receber qualquer graduação de faixa, lapide a sua faixa branca. Na faixa branca objetivo é criar um quadro de referência para o seu aprendizado futuro. É preciso aprender o que você não conhece. Essa foi a fase em que arrisquei, errei, acertei e errei de novo. Pense na arte suave como um quebra-cabeça que você está tentando descobrir. A faixa branca é onde você cria o “esboço” da imagem, antes de pintar o quadro.

No jiu-jitsu, uma certa vez ouvi que não é o aluno que recebe a faixa, é a faixa que recebe o aluno. A nova graduação acontece naturalmente, como um prêmio ao esforço, à dedicação e à postura de cada praticante, por mérito. A beleza democrática do jiu-jitsu brasileiro reside aí: é o professor, e somente ele, que sabe se o aluno merece ou não a “promoção”.

De acordo com o IBJJF, são sugeridas aos instrutores e professores três formas de graduação, com a finalidade de marcar o tempo de prática de cada aluno em cada faixa. Como todas as pessoas não treinam da mesma forma, o tempo necessário para a sua graduação depende da frequência e habilidade de cada praticante.

A graduação da faixa azul é também um marco de muita pressão, como é a primeira troca de faixa, muito dessa pressão é inteiramente “autoimposta” e reside na própria mente do lutador, assim como também a ansiedade, a preocupação, a sensação de ser cedo demais para assumir uma responsabilidade mais árdua, não se sentir merecedor e até o relaxamento logo após alcançar esse grande objetivo. São diversos sentimentos e perguntas que afirmo passar na mente de alguém perto de se graduar (ou recém graduado), mas tudo se relaciona ao progresso, avanço e exemplo na prática do jiu-jitsu.

Outra forma de evolução na faixa é por meio de graus que indica o progresso de uma pessoa através de sua faixa. Os graus proporcionam para os instrutores e professores um modo de dar aos seus alunos uma espécie de feedback, um retorno tangível sobre seu avanço na prática do Jiu-Jitsu.

Mas como ser digno de uma faixa no jiu-jtsu? A formação do aluno vai além do tatame, para atingir uma graduação ele precisa reunir atributos além das técnicas do esporte. Para muitos, uma faixa azul é equivalente a uma faixa preta (a honra e seu significado vai além de sua cor) o mais importante é você se sentir bem, se dedicar e vencer cada batalha que é imposta em seus treinos, e na vida!

Se graduar faixa azul também é o início de novas técnicas e posturas, como se surgisse um novo lutador, lapidando tudo aquilo em que aprendeu em sua primeira faixa. Tenho observado que o faixa azul em sua especialidade, tem que saber se defender, principalmente porque nesta faixa vamos ainda muito mais nos defender do que atacar. Roger Gracie, um dos melhores lutadores de Jiu-Jitsu, foi indagado uma vez sobre essa questão: Como você ficou tão bom no Jiu-Jitsu? Depois de pensar um pouco, ele respondeu: “Eu construí todo meu jogo em cima de uma defesa sólida”. Defesa! Esta é a palavra para essa nova etapa.

Então, ressalto, se você está passando por esse momento ou passará em breve pela troca de faixa, lembre-se que, se você foi designado a receber essa graduação você de fato é merecedor e deve usá-la com orgulho. O caminho no jiu-jitsu contém muitos obstáculos e desafios, e é importante fazer uma pausa e desfrutar seu sucesso. A sua faixa azul é algo que só pode ser obtida de uma maneira: trabalho árduo (treinar, treinar, treinar, treinar e treinar), persistência e desenvolvimento das suas técnicas.

A palavra convence, o exemplo arrasta! (World Combat)

Rumo a faixa azul! Oss!!!

Qual sua reação

Curtir Curtir
13
Curtir
Amei Amei
19
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
6
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 7

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Tutu rumo a faixa azul!!! \o/ hahaha
    Parabéns pela sua conquista! Que essa graduação seja a porta para novos aprendizados e novas conquistas!
    Orgulhosa de você.. é um vencedor nato! Luta e triunfa diariamente para alcançar sempre o melhor! Continue sempre com essa garra!

    1. Muitíssimo obrigado! Isso dá uma sorte … o melhor ainda está por vir!! Fico feliz que esteja acompanhando e aprecisanso as leituras. Espero ver você treinando em… faça uma aula experimental! Depois me diga o que achou das mudanças!

  2. Incrível, o que vcs disseram no texto acima , né cobro muito nessa faixa azul ,as vzs sentimento que não sou merecedor,muita pressão interna e um jogo de muitas defesas .
    Muito importante saber que vcs compreendem esses aspectos psicológicos, isso me faz compreender que todos nós somos todos iguais e o que importa e treinar para avançar mais e mais oss….

A conquista da faixa azul no jiu-jitsu

log in

reset password

Voltar para
log in