Atleta da Semana: Samy Galvão


O Atleta da Semana de hoje recebe Samy Galvão, faixa roxa da equipe Cobrinha BJJ. Ela tem 17 anos e é de Manaus, mas atualmente treina nos Estados Unidos. Vamos conhecer um pouco da sua história!

Apesar de ainda ser nova, Samy já tem muitos anos de jiu-jitsu. Com 11 anos, inspirada pelo irmão mais novo que já treinava, ela entrou para o esporte. Sua trajetória nas competições começou cedo e não parou mais. O jiu-jitsu trouxe muitos benefícios para a sua vida, como conhecer pessoas novas e aprender com suas histórias de superação. Além disso, ela conta, “proporcionou uma melhor performance nos estudos, calma em momentos de aflição, a controlar a ansiedade, timidez, aprendi sobre trabalho duro e trabalho em equipe, assim como melhoria na saúde física num aspecto geral”.

Samy também já coleciona títulos e experiências importantes em sua carreira. Já foi campeã do American National em 2015 e em 2017 (peso e absoluto Gi e absoluto NoGi), 2 campeã brasileira e campeã do Pan em 2017 (peso e absoluto). Samy gosta tanto de fazer guarda, como de passar, e suas finalizações preferidas são armlock e estrangulamento nas costas.

Em 2017, ela e sua família foram para os Estados Unidos na época do Pan Kids e, assim, ela começou a treinar com Charles Cobrinha em sua academia em Los Angeles. Depois do Mundial, se mudaram para Las Vegas. Porém, depois de já ter machucado um joelho em 2015, Samy sofreu mais uma lesão depois de um golpe ilegal em uma competição no ano passado. A atleta voltou ao Brasil para a operação, que deve ser realizada em breve.

Ela conta que aprendeu muito com a experiência de viver nos Estados Unidos e pretende voltar. “Aprendi muito convivendo com atletas profissionais, também com outras pessoas em uma nova cultura, a dar valor e importância a todos os momentos e a ser grata por cada circunstância”.

Sua família também é envolvida com o jiu-jitsu e Samy tem muita admiração por eles, além de atletas como Tayane Porfírio, Monique Elias, Andresa Correa e Renatinha. “E claro, o professor Cobrinha e o Kennedy, que foram pessoas que convivi e aprendo sempre a melhorar, tanto como pessoa, assim como atleta”.

No momento, ela está parada por conta da operação que vai fazer, mas sua rotina de treinos costumava ter, além dos treinos de jiu-jitsu, correção e repetição de técnicas e também treino físico. Hoje, faz exercícios de fortalecimento pré-operatório e gosta de estudar sobre treinos mentais para atletas.

Samy conta que no Brasil é mais difícil conseguir ajuda e patrocínio, como de kimonos, suplementos ou ajuda financeira. Mas hoje seu objetivo é continuar com o fortalecimento após a cirurgia e estar 100% para lutar o Mundial. “Pretendo morar nos Estados Unidos, devido a melhor estrutura e oportunidade no esporte do que no Brasil, porém, não é algo que quero imediatamente”.

Samy deixa um recado para a gente ressaltando a importância da gratidão nas nossas vidas:

As pessoas podem reclamar por ter que acordar cedo e trabalhar ou agradecer por ter acordado e ter um emprego. Que não só em 2018, mas a cada dia das nossas vidas possamos agradecer a Deus por cada situação e tirar um proveito de cada momento, porque todos eles têm um propósito nas nossas vidas. Que possamos aprender o tempo certo de cada coisa e ser gratos, nunca desistir dos sonhos, mas confiar em Deus por não nos dar certas coisas, pois só Ele sabe o que é o melhor pra nós. Não importa o quão ruim pareça uma situação, ela irá passar e você irá ser forte o suficiente para superá-la. É difícil, eu ainda tenho muito a aprender, mas vale a pena.

Agradecemos pela entrevista e desejamos boa sorte na caminhada! Oss

Qual sua reação

Curtir Curtir
3
Curtir
Amei Amei
1
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atleta da Semana: Samy Galvão

log in

reset password

Voltar para
log in