Não se preocupe: o jiu-jitsu entra


Final de tarde de uma terça-feira, chovia em Goiânia e eu estava a caminho do treino quase bati meu carro umas três vezes. Estava meio aérea sem entender muito bem o que se passava dentro de mim.

Cheguei ao treino, cumprimentei o mestre, dei aquele “oi” geral para o restante da galera e fui para o aquecimento. Comecei a rolar, rolei sem força, sem vontade, estava ali sem saber muito bem o porquê tinha decidido ir. No fim do treino, um dos meninos que tinha rolado comigo me acompanhou até o carro e disse: “hoje foi o seu melhor rola, hoje sem dúvidas você mostrou o seu jiu-jitsu”. Naquele momento, eu comecei a chorar, chorava porque eu estava destruída por dentro, chorava porque na hora do rola eu estava tão dentro de mim que não percebia os movimentos que fazia, chorava porque não entendia como eu poderia ter ido tão bem em um dia que eu estava tão mal.

Fui embora e fiquei refletindo sobre tudo aquilo, sobre o meu estado de espírito e o que eu tinha conseguido mostrar no treino e cheguei à seguinte conclusão: a gente se cobra muito, fica cobrando uma evolução constante do nosso jiu-jitsu para no final ele mostrar que sempre esteve ali, mas que só aparece quando a gente relaxa e deixa fluir.

Naquele dia, eu passei por um processo de autoconhecimento muito forte, tinha despertado algumas lembranças e libertado alguns monstros. Aquele dia eu só queria sumir e isso ficou nítido porque eu simplesmente fluí, fluí sem medo, sem cobrança e sem querer ser melhor que ninguém, fluí por mim, dentro de mim! Não mostrei meu jiu-jitsu, ele se mostrou para mim, ele me confortou no dia mais caótico da minha vida, lá eu entendi o estilo de vida que o jiu-jitsu prega e a importância desse esporte na minha vida.

Assim, eu início minha participação aqui, contando para vocês sobre o dia mais intenso da minha vida. Sobre o dia em que o jiu-jitsu me acolheu e eu entendi que cobrança em excesso só serve para deixar o coração cheio de ansiedade e te levar à frustração.

Relaxa, o jiu entra e quando você menos espera ele se mostra!

Oss,
Bia Tomielo.

Qual sua reação

Curtir Curtir
18
Curtir
Amei Amei
20
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
4
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 3

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Tenho o maior prazer em dizer que conheço a dona deste post, acompanho desde seu inicio, suas lutas, suas guerras diárias, seus treinos, sua evolução, o jiu jitsu e isso minha amiga!!!!!!!! belas palavras, me orgulho de ter você como amiga e companheira de treino. osssssssss #soufã

  2. Amei!!!!! Realmente é assim que nos sentimos, mas com o andar da carruagem a experiência vem e nos ensina que temos que persistir e realmente, o jiu flui. 😍

  3. Maior orgulho de ser chamado de Mestre por você! Sempre nos surpreende de alguma forma, sua alegria no tatame mesmo sendo em duas que não os melhores fazem a diferença! Orgulho de você minha querida! Osssss

Não se preocupe: o jiu-jitsu entra

log in

reset password

Voltar para
log in