4 Dicas para rolar com alguém mais graduado


É fácil perceber, logo no começo dos treinos, que existe uma hierarquia muito forte no jiu-jitsu (isso é comum no meio das artes marciais), e já no primeiro treino são ensinadas as regras básicas do tatame como cumprimentar as pessoas por ordem de graduação, não chamar o mais graduado para rolar, amarrar a faixa de costas para o tatame, etc.

Além disso, depois de um certo tempo treinando você passa admirar pessoas, não pela faixa, mas pelo que ela significa no dojo, e esse é um dos motivos pelo qual a arte suave reforça tanto a hierarquia, afinal todo mundo que tem uma faixa colorida amarrada na cintura já passou bastante tempo e conta com experiências no tatame que a levaram até essa conquista, e essa pessoa merece no mínimo respeito pela persistência, coragem e dedicação. E é por esse motivo que muitas pessoas travam na hora de rolar com alguém mais graduado.

Pensando nisso, listei 4 coisas que devemos ter em mente quando vamos rolar com um mais graduado:

  1. Não se desespere 

Mesmo que você tenha acabado de iniciar no jiu-jitsu, se um graduado te chamou para rolar, aproveite esse momento para aprender tudo o que ele puder te oferecer. Não espere que seja um rola fácil porque essa pessoa já tem experiência, mas lembre-se que ninguém chega no tatame “levando cabeças para casa”, ser atropelado no jiu-jitsu é normal (é assim que a gente aprende). Além disso, essa pessoa é a mais indicada para te dar dicas que irão te auxiliar por toda a caminhada na arte suave. Aproveite.

  1. Dê o seu melhor

Essa pessoa vai te dar um treino duro, e se você não se esforçar, não conseguirá fazer nada mesmo, mas além disso, não se esqueça que essa pessoa não subiu no tatame só para te ajudar, ela também quer treinar. Então ofereça tudo de melhor que você pode oferecer. Rolar com um graduado é momento de atenção redobrada, principalmente nos pontos que você já sabe que está precisando melhorar.

  1. Execute os conselhos recebidos 

Se você recebeu conselhos durante o rola, vá para casa, reflita sobre eles, passe a observar seus rolas e execute essas dicas. As vezes a gente não entende de primeiro o que a pessoa quis dizer, mas com o tempo a “ficha cai”! Se achar necessário, nos outros treinos procure essa pessoa e volte no assunto, peça para que te dê exemplos ou até mesmo que pegue no seu pé para melhorar. O importante é não deixar as dicas caírem no esquecimento.

Quando comecei a treinar, um amigo me falava várias vezes durante o mesmo rola sobre como eu precisava melhorar a minha base. Em todos os rolas eu ficava com isso na cabeça e me ajudou muito, não só quando jogo passando, mas também para enxergar as bases dos adversários jogando por baixo. Hoje sempre que chega alguém novo na academia e essa pessoa rola comigo eu compartilho a dica, rs.

  1. Não se sinta superior

O rola acabou e você finalizou um mais graduado ou acha que pontuou mais, o que faz com essa informação? Nada! Guarde para você. Mesmo que você tenha mesmo conseguido “ganhar” de um mais graduado, essa pessoa ainda tem uma história maior que a sua no tatame e merece respeito.

E se você já é um graduado, fica aqui um recado: para quem está começando no jiu-jitsu, você é o exemplo a ser seguido. Você é o que ela quer ser daqui alguns anos, então é comum que ela se sinta envergonhada e sem saber o que fazer quando você pede para fazer um rola com ela. Trate bem essa pessoa, auxilie o desenvolvimento dela e se possível, ofereça um rola duro porém onde ela também consiga treinar e aplicar o que tem aprendido até ali.

Oss.

Qual sua reação

Curtir Curtir
20
Curtir
Amei Amei
2
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Dicas para rolar com alguém mais graduado

log in

reset password

Voltar para
log in