Preguiça para voltar a treinar jiu-jitsu? Vença essa sina!


Por que temos tanta dificuldade de voltar a treinar quando entramos de recesso para as festas de ano novo? Ficamos afoitos e ao mesmo tempo com certa preguiça de ir para os treinos, e quando voltamos somos recepcionados pelo cansaço, pela falta de explosão e pelo desânimo.

Realmente ficar um longo período sem treinar não faz bem para qualquer atleta, principalmente se ele é aquele atleta que treina duro.

Mas o que acontece? Por que a preguiça toma conta da gente?

Segundo o doutor Dráuzio Varella, isso é normal pois somos “animais” e o esforço físico como atividade física não faz parte da nossa sobrevivência. Confira o vídeo aqui.

O fato é que realmente nós não podemos esperar ter vontade para voltar aos treinos, seja de jiu-jitsu ou de qualquer outra atividade. O que o ser humano precisa é tomar atitude e agir, assim quanto mais treinamos mais vontade temos de treinar, pois além de fortalecer os músculos fortalecemos também nosso hábito de praticar exercícios, nossa mente.

E o que acontece quando voltamos a treinar? Nosso corpo é feito basicamente de água, músculos e gordura. Porém, ao exercitarmos, nós transpiramos, queimamos a gordura e machucamos nossos músculos. Por isso sentimos tamanha dor quando voltamos a treinar, essa dor é chamada de DMT – Dor Muscular Tardia. E olha que interessante: você sabia que essa dor não é um bom sinal? A verdade é que quando sentimos a dor por mais de dois dias significa que o músculo na verdade está inflamado! A inflamação se transforma em cicatriz e isso não é um bom sinal.

A DMT vem e causa desânimo em qualquer um, aí amigas e amigos, voltar para a academia e pegar novamente o ritmo de treino parece cada vez mais difícil.

Para contribuir com seu rendimento, vamos listar algumas dicas importantes e úteis de como prevenir essas dores e se manter firme e forte!

Veja 5 dicas que preparamos para você:

  1. Alongamento – Após a sessão de treino, alongue de maneira bem leve os músculos trabalhados. Nada de “esticar” a musculatura e ficar grandes períodos com ela doendo e em posição desconfortável. Nessa hora, o que vale é apenas aquela sensação de relaxamento, em baixa amplitude e por pouco tempo.
  2. Aquecimento e Desaceleração – O período de aquecimento antes do treino é importantíssimo! Ele permite a elevação gradual da frequência cardíaca, fazendo com que o organismo prepare as articulações para os exercícios, protegendo os músculos de possíveis lesões. Após o treino, faça caminhadas ou exercícios cardiovasculares de baixíssima intensidade, por 10 minutos. Isso contribui para a remoção do ácido láctico acumulado, diminuindo o potencial lesivo dele.
  3. Água – A hidratação é fundamental para os processos biológicos, entre eles o sistema locomotor e o imunológico. Tomar água apenas ao longo do treino e passar o dia todo sem beber nada, não resolve a questão. Procure hidratar-se bem ao longo do dia e nos treinos, permitindo que o organismo tenha matéria prima para produzir os fluídos corporais responsáveis pela lubrificação articular e também para a remoção de substâncias tóxicas provenientes do metabolismo, que está mais acelerado com os exercícios.
  4. Rotina de atividades – Mantenha a disciplina com relação a sua frequência nos treinos. Quem não consegue estabelecer uma rotina de exercícios, além de não alcançar os resultados desejados, permite que as melhoras obtidas com a prática desapareçam, diminuindo a condição física geral e deixando o praticante mais suscetível às dores pós-treinos.
  5. Abaixamento de cargas – Treinar sempre no limite mostra que seu treino está errado. Faz parte da ciência do treinamento modular as cargas da semana para que o organismo tenha tempo suficiente de reparar os tecidos e promover uma adaptação positiva, os chamados anabolismo e supercompensação. Certifique-se de que existirão semanas mais fracas e semanas mais fortes durante seu treinamento. Isso ajudará não apenas a diminuir as dores pós-treinos mas também a maximizar os ganhos!

Pode vir feriado e recessos, vamos expulsar a preguiça e seguindo essas dicas não tem dor que se achegue! O ano de 2017 será um excelente ano de treinos para todos! Oss

Fonte:

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preguiça para voltar a treinar jiu-jitsu? Vença essa sina!

log in

reset password

Voltar para
log in