Atleta da Semana – Entrevista exclusiva com Nathiely Karoline


Fala galera! Hoje o Atleta da Semana recebe ninguém menos que Nathiely Caroline, a Nathi, faixa marrom da PSLPB Cicero Costha. Pra quem não sabe, Nathiely foi campeã em sua categoria entre as faixas marrons e pretas, no World pro, em Abu Dhabi, que rolou no último fim de semana. Nathi falou pra gente sobre sua carreira no esporte, sobre sua rotina de treinos, preparação física e muito mais. Boa leitura!

BGM: Há quanto tempo começou e por que começou a treinar Jiu- Jitsu?

Nathiely: Comecei a treinar jiu jitsu com 13 anos de idade, por causa da minha saúde. Eu tinha muita bronquite e o médico recomendou um esporte, e através de um amigo da família comecei a treinar judô e de lá migrei para o jiu jitsu.

BGM: Desde o começo você decidiu se dedicar de forma integral ao esporte?

Nathiely:  Não. Eu comecei a treinar mais por hobbie e pela minha saúde, jamais pensei em me entregar ao esporte como hoje em dia.

BGM: Com quanto tempo começou a competir?

Nathiely: Comecei a competir logo no início mais por diversão, com 3 meses de treino participei do meu 1º campeonato.

BGM: Como foi sua mudança de equipe?

Nathiely: Minha mudança para o cicero foi muito complicado, porque eu era muito apegada a minha equipe antiga e ao meu professor que eu tinha como um pai, mais na vida precisamos tomar decisões, e como eu queria competir os grandes campeonatos e evoluir optei pela mudança.

BGM: Quais foram as maiores dificuldades que encontrou no esporte, enquanto mulher?

Nathiely: Dificuldades tive poucas, pois onde eu treino sou considerada como um “homem” hahahaha, acho que o mais complicado é a desvalorização pras mulheres nas competições.

BGM: Qual é a sua opinião sobre a baixa premiação oferecida para as mulheres  em campeonatos?

Nathiely: Antigamente era muito pior, hoje em dia acho que a galera se tocou que nós mulheres nos dedicamos tanto quanto ou mais que muitos homens, que nós também somos atletas e vivemos do esporte, acho que a premiação já melhorou muito do que era, e espero que venhamos sempre a evoluir em relação à isso. Comparado aos homens ainda está muito fraca, mais isso não depende apenas dos organizadores e sim de nós mulheres que competimos, temos que lutar mais para sempre ter premiação.

BGM: Como é sua rotina diária de treinos e preparação física?

Nathiely:  Eu particularmente não gosto muito de preparação física (risos), faço 2x na semana, jiu jitsu eu treino todos os dias, de segunda a sexta.

BGM: Você sente uma pressão diferente por ser atleta da Cicero Costha, uma das maiores equipes de jiu jitsu do Brasil?

Nathiely: Não, nem me cobro por isso, nem meus companheiros nem meu professor cobram nada de mim, acho que isso alivia a pressão de competir. Claro que eles acreditam muito em mim, mass eles sempre me passam tranquilidade, então minha cabeça fica em paz.

BGM: Qual a dica que você dá pra quem tá começando e deseja seguir os seus passos?

Nathiely: Eu sempre digo, acreditar em você é o primeiro passo pra tudo, muitos vão dizer que é loucura e que você não vai conseguir, porque no esporte tudo é muito difícil, mas se você tem um sonho não deixe ninguém te frustrar, pois Deus realiza pra quem tem fé que tudo é possível! Oss

 

Qual sua reação

Curtir Curtir
1
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Atleta da Semana – Entrevista exclusiva com Nathiely Karoline

log in

reset password

Voltar para
log in