Projeto Social AMA Jiu Jitsu


Hoje vamos falar sobre o projeto social do Grupo AMA Jiu Jitsu de Aparecida, no estado de Rio de Janeiro. Esse projeto foi criado com o objetivo de possibilitar a prática da arte suave às crianças e aos jovens da comunidade em que as condições econômicas são pouco favoráveis aos esportes.

Há seis meses, um grupo de amigos, com a ajuda e o apoio da Associação de Moradores, juntaram forças para fechar a lacuna que faltava para possibilitar o acesso de membros mais jovens da comunidade aos numerosos benefícios da prática do jiu jitsu.

Foi assim que, armados de coragem e convicção, o grupo conseguiu fornecer um espaço para treinar que hoje recebe até 30 alunos, dos quais 15 são meninas. E o compromisso vai além disso: para alunos em idade escolar, os líderes do projeto conseguiram autorização para pegá-los depois da escola e leva-los até em casa depois do treino. Tudo isso de graça.  Este projeto é reflexo de boas intenções, trabalho duro, paixão, compaixão, disciplina e, claro, o motor atrás de tudo: amor pelo jiu jitsu.

Atualmente, o projeto encara numerosos desafios, comuns aos projetos sociais, como carência de financiamento para pagar os instrutores e equipamentos de treino, falta de apoio da comunidade, o fato que os alunos não poderem pagar pelos kimonos ou pela participação em torneios. Além dos eventos organizados para obter financiamento, o mais valioso apoio do projeto é a Associação de Moradores.

Porém o AMA não é o único projeto auxiliado pela Associação e, por isso, o apoio recebido é limitado. Mesmo assim, os alunos e instrutores continuam motivados no caminho na arte suave e, como parte do mais recente esforço, no dia 15 de Março receberão a visita do Mestre Hélio Fonseca, que aceitou dar um seminário para o grupo e pediu que a taxa cobrada fosse destinada em sua totalidade para cobrir as necessidades do projeto, para ajudar nos pequenos detalhes que fazem do jiu jitsu uma arte.

Quando perguntada sobre essas necessidades, Marcela Marques, parte do grupo criador do projeto, respondeu: “Eu só quero que alguém veja nossa comunidade. Que ajude. Que apoie.  A gente só quer apoio, mais nada. A gente não quer dinheiro. A gente quer que alguém veja nosso projeto e ajude. Pode ser com kimono, pode ser com placa de tatame, com qualquer coisa.”

Vamos somar esforços para que isso seja sentido por todos, sem importar as condições sociais ou econômicas. Hoje convidamos você para ajudar, fazer parte, ou criar projetos bonitos como este.

Se você quiser apoiar o projeto AMA ou conhece alguém que pode ajudar, entre em contato pelo email: jiujitsubjjaparecida@gmail.com

Qual sua reação

Curtir Curtir
0
Curtir
Amei Amei
0
Amei
Haha Haha
0
Haha
uau uau
0
uau
Triste Triste
0
Triste
Grr Grr
0
Grr

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto Social AMA Jiu Jitsu

log in

reset password

Voltar para
log in